Visto Americano – Como tirar, Agendamento, Valor – (Passo a Passo)

Se você está planejando viajar para os Estados Unidos, provavelmente já sabe que é preciso do visto Americano para entrar no país. O documento é essencial para a estadia de um estrangeiro nos EUA, por isso tirar o visto é uma etapa crucial no planejamento da viagem.

O que muita gente não sabe é que existem vários tipos de visto Americano. Então, antes de tudo, é preciso se informar a respeito do documento e definir qual tipo de visto será necessário para entrar no país.

No conteúdo a seguir nós tiraremos as principais dúvidas sobre para que serve, quanto custa e como tirar Visto Americano. Além de outras informações muito importantes. Confira!

Para que serve o visto Americano?

O visto é um documento emitido por um país que concede a pessoa o direito de visitá-lo por um determinado período e para certas finalidades. Não são todos os países que exigem o documento. No entanto, para quem está planejando viajar para os Estados Unidos (seja a passeio, trabalho ou estudos), será necessário obter o visto para conseguir entrar no país legalmente.

Visto Americano

Antes de prosseguir com o seu pedido para solicitar visto americano, é necessário visualizar os tipos de vistos para saber qual é o ideal para sua viagem. Veja os principais vistos a seguir:


Visto Americano tipo B1: esse visto é destinado para viagens de negócios. Pode tirar o visto quem for ao país a trabalho, como participar de feiras internacionais, salões de exposição, assinar contratos e expor produtos. Além disso, poderá tirar o visto pessoas que realizam trabalhos voluntários sem fins lucrativos em parceria com instituições religiosas ou de caridade.

O visto B1 também pode ser tirado por acadêmicos que desejam estudar me uma instituição americana.


Visto Americano tipo B2: esse visto é o mais comum,  conhecido como visto americano turista, sendo destinado para quem deseja fazer turismo ou tratamento médico no exterior. Para consegui-lo será necessário preencher um formulário, pagar uma taxa, ter um passaporte válido, apresentar documentos e fazer entrevistas.


Visto Americano tipo F1: esse documento é destinado para estudantes que desejam ingressar em uma instituição de ensino americana. O visto é válido para estudantes do ensino fundamental, médio e para quem deseja estudar inglês no país.


Visto Americano tipo H: é destinado para trabalhadores que foram contratados por uma empresa americana. Nessa situação, a empresa contratante deverá fazer uma petição ao serviço de imigração americano solicitando o visto.


Esses são os principais tipos de visto Americano emitidos para aqueles que desejam entrar nos EUA de forma legal. É necessário se certificar do tipo de visto certo para o tipo de viagem que você deseja realizar.

Visto Americano Valor

Para tirar visto será necessário pagar uma taxa (não reembolsável) para poder emitir o documento. O valor é de US$ 160, o que dá cerca de R$ 650 de acordo com a cotação atual.

O pagamento deverá ser feito assim que o formulário for preenchido. Após a realização da taxa para tirar o visto, é recomendado que o solicitante agende a sua entrevista e a entrega dos documentos necessários em uma Central de Atendimento ao Solicitante de Visto (CASV) nas seguintes cidades:

  • São Paulo
  • Brasília
  • Rio de Janeiro
  • Recife
  • Porto Alegre

O valor do visto americano poderá ser pago tanto pelo cartão de crédito ou por boleto bancário. A vantagem de pagar pelo cartão é que a outra etapa será liberada automaticamente. Quem realizar o pagamento por meio do boleto deverá esperar o pagamento ser confirmado para prosseguir como seu pedido.

Se o visto for negado, o valor pago pela taxa não será devolvido. Esse dinheiro não poderá ser transferido para outra pessoa que vá solicitar o visto. O valor pago não será reembolso para o solicitante.

Como tirar visto Americano – (Passo a Passo)

Tirar o visto americano é um processo que pode demorar alguns dias. Isso porque é preciso provar ao Governo americano que você não pretende imigrar ilegalmente para o país. Dessa forma, o processo para obtenção do documento pode ser complexo, com entrevistas pessoais e uma “investigação” sobre sua vida pessoal e objetivos no país que pretende visitar.

Está gostando do conteúdo? Deixe seu like nas rede sociais ao lado e ajude o site a crescer! Caso tenha alguma dúvida, basta comentar nas nossas redes sociais.

Veja a seguir um passo a passo didático com todas as etapas para realizar o agendamento visto Americano:

Visto Americano


Passo 01. A primeira coisa a ser feita é preencher o formulário de solicitação, conhecido como DS-160. O formulário pode ser encontrado no site do Consulado. Clique aqui (https://ceac.state.gov/ceac/) para acessá-lo. O visto para turismo é o B1/B2.


Passo 02. Agora será necessário voltar no site (https://ais.usvisa-info.com/pt-br/niv/users/sign_in) e completar as informações. Crie uma conta de usuário e adicione o número de confirmação DS-160 de cada pessoa que esteja solicitando o documento. Preencha os documentos e escolha a forma de entrega do visto: pelos Correios ou pessoalmente.


Passo 03. Nesse momento será necessário preciso realizar o pagamento da taxa MRV, cujo valor é de US$ 160. Após a confirmação do pagamento o solicitante deverá fazer o agendamento do visto americano (entrevista) e a entrega dos documentos.


Passo 04. Em algumas situações será preciso ir até o Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto (CASV). No dia agendado, o solicitante deverá ir até o local com a confirmação do formulário DS-160, o comprovante do pagamento da taxa e o passaporte válido. Durante o dia, será tirado uma foto e as impressões digitais do solicitante.


Passo 05. Para finalizar o pedido do visto, será necessário ir até o Consulado para realizar a entrevista. Todos os solicitantes deverão passar para entrevista, exceto menores de 14 anos e maiores de 79 anos. Além disso, solicitantes de vistos diplomáticos, funcionários de governos estrangeiros e organizações internacionais não precisarão passar por essa etapa.


Passo 06. Na entrevista serão realizadas várias perguntas sobre o objetivo da viagem, questões profissionais e pessoais. É necessário responder tudo com clareza e sem nervosismo. Se tudo correr bem, no final da entrevista será comunicado se o solicitante conseguirá obter o visto Americano ou não.


Visto Americano Negado

Essa é uma experiência frustrante, mas não se preocupe. Caso o seu visto Americano tenha sido negado, o primeiro passo a ser feito é identificar o motivo da negação.

As razões mais comuns estão especificadas nas seções 214 (b) e 221 (g). Detalhamos a seguir, confira:

Visto Americano


Seção 214 (b) – Se a razão da negação foi pela seção 214, então quer dizer que o solicitante não conseguiu comprovar os seus vínculos com o Brasil. Em outras palavras, o solicitante não conseguiu convencer o vice-cônsul que pretende voltar ao seu país de origem. A recusa também pode indicar que o solicitante não possui condições financeiras suficientes para visitar os EUA.


Seção 221 (g) – Caso a recusa seja relacionada a entrega de documentos, então o vice-cônsul entregará uma carta com a seção 221 (g). Nesse caso, o solicitante deverá apresentar todos os documentos faltantes e apresentá-los no consulado em outro dia agendado.

Se o motivo da recusa foi a seção 221 (g), então será necessário realizar todo o procedimento novamente: desde o preenchimento do formulário visto americano DS-160 até a realização do pagamento da taxa. Depois será necessário realizar a entrevista novamente para saber, então, se o visto será emitido.


Para está planejando viajar para os EUA, seja a trabalho, lazer ou para estudar, será necessário tirar o visto Americano. Só com a posse do documento é que será possível entrar no país legalmente.

Por isso é muito importante providenciar o documento antes mesmo de comprar as passagens. No entanto, é preciso identificar um local para ficar no país, pois no momento da entrevista será perguntando o local em que o solicitante pretende se hospedar caso o visto seja concedido.

E você, está pensando em tirar o visto Americano? Já tirou alguma vez? Como foi a sua experiência? Faça um comentário e participe da conversa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *